Trabalhos de Conclusão – Turma 2017

Autor:
ADLÂNDIA DO NASCIMENTO DIAS
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientadora:
MÁRCIA BENTO MOREIRA
Resumo:
O estudo trata inicialmente sobre a temática semiárido, e apresenta também uma abordagem teórica sobre a Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), em um viés de comunicação e educação, além disso, é apresentada uma explanação, permeando o Desenvolvimento Rural. O público-alvo da pesquisa, foram as pessoas da Comunidade Quilombola de Cazumba I, uma pequena localidade pertencente ao município de Senhor do Bonfim no estado da Bahia. Sendo um dos objetivos compreender um pouco sobre a história local, suas trajetórias de vida, cultura, produção e identidade, focalizando também na atuação da ATER na localidade. Ao adentrar na realidade da comunidade, foi possível realizar uma contextualização sobre o Projeto Pró-semiárido e as expectativas das pessoas em relação a sua efetivação. A pesquisa configurou-se de cunho qualitativo, voltada para um estudo etnográfico. Os dados da pesquisa foram coletados a partir da ouvidoria de 28 atores sociais, sendo eles 24 residentes na comunidade, e 4 profissionais que compõem o quadro técnico e coordenação do projeto Pró-semiárido no Território Piemonte Norte do Itapicuru. Além do processo de ouvidoria, também foi indispensável a análise documental, baseada em uma cartilha sobre a comunidade, bem como o Documento de Estratégia operacional do Projeto Pró-semiárido. O estudo evidenciou em diversos aspectos a riqueza histórica, cultural e construção de identidade da localidade. Apontou ainda, que o projeto Pró-semiárido vem sendo pautado em metodologias participativas, que respeitam os saberes empíricos e potenciais dos sujeitos, bem como as suas localidades, o que configurou positivamente. A análise dos dados permitiu trazer uma contextualização das questões norteadoras deste estudo, neste caso, a organização social, cultural e produtiva de Cazumba I, possibilitando perceber as riquezas construídas historicamente, bem como os avanços que vem sendo obtidos a partir da execução de um projeto de ATER para as populações rurais.
Palavras-chave:
ATER; Desenvolvimento Rural; Educação; Cultura; Identidade.

 

Autor:
ADSON CARDOSO DE FRANCA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
PRODUÇÃO ARTÍSTICA
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
NILTON DE ALMEIDA ARAUJO
Resumo:
O trabalho tem por objetivo analisar as percepções da equipe escolar da Unidade de Ensino Paulo Freire sobre como ela desenvolve seus trabalhos pedagógicos de formação escolar junto aos alunos no contexto do Assentamento São Francisco do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e suas relações com as dinâmicas da Secretaria de Educação de Juazeiro. A escola é mantida pela Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA), e integra estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental. A escola atende a famílias que produzem e cultivam diversas frutas e hortaliças para sua subsistência e voltada para a agricultura familiar. Nesse cenário, procurou-se analisar as percepções das professoras e da coordenação pedagógica da unidade de ensino Paulo Freire, constituindo a equipe escolar da unidade, para compreender como se dá o processo de formação escolar desempenhada pela escola. Através da aplicação de questionários e trabalho de campo que culminaram na produção de um documentário, que não há um quadro unidimensional na unidade de ensino em tela. Na busca pela constante melhoria da qualidade do ensino, a formação escolar se desenvolve na interseção e entre as bandeiras e demandas do Assentamento e do movimento social que este integra e as diretrizes educacionais oficiais, gerando saberes que no futuro podem se constituir na matriz de um Projeto Político Pedagógico.
Palavras-chave:
Equipe Escolar; Professoras; Educação; Assentamento Rural; Movimentos Sociais.

 

Autor:
AMÁLIA XAVIER RESENDE
Tipo de Trabalho de Conclusão:
PRODUÇÃO ARTÍSTICA
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
DENES DANTAS VIEIRA
Resumo:
Os Projetos de desenvolvimento realizados pelo Governo Federal na década de 1970 foram importantes para o crescimento econômico do Brasil. Essa ação incentivou a construção de hidrelétricas, dentre elas, a Barragem de Itaparica, localizada no município de Petrolândia/PE. A esse projeto atrelou-se o Projeto de Reassentamento e o mesmo serviu para reassentar os agricultores ribeirinhos em áreas da Caatinga. Esse cenário gerou vários conflitos, causando muitas consequências estruturais. Diante dessa conjuntura o objetivo desse trabalho foi investigar a trajetória social dos moradores do Projeto Fulgêncio, no município de Santa Maria da Boa Vista/PE. Para essa investigação utilizou-se dos conceitos teóricos e metodológicos do sociológico Pierre Bourdieu, habitus, campo e capital. Foi feito um levantamento bibliográfico e documental, e realizada entrevista semiestruturada, tendo como produto final a confecção de um vídeo contando a trajetória social em cordel e com as personagens em xilogravura. Para compor os resultados encontrados na pesquisa elaboraram-se esquemas mostrando as posições e capitais acumulados pelos agentes mais representativos e suas relações de poder ao longo dos três campos que foram identificados, respectivamente sendo, o das lutas, os primeiros anos no Projeto Caraíbas e após a implantação do sistema de irrigação. As conclusões mostraram que a implementação do projeto de reassentamento foi o instrumentalizador das demais consequências que foram acometidas a comunidade, com vários danos sociais a curto e longo prazos. A vulnerabilidade socioeconômica causada pela demora da instalação do sistema de irrigação deu espaço há várias consequências, sendo uma delas, a facilitação da entrada da cannabis sativa na vida dos moradores. Esse elemento polêmico afetou a construção da trajetória social da comunidade e diretamente a formação do habitus de seus agentes, influenciando o surgimento da violência velada, sendo esse atualmente o aspecto que ajuda a moldar a vida cotidiana da região. O assassinato de Fulgêncio Manoel da Silva, grande liderança da região, também foi um aspecto que ajudou na reconfiguração local. Por fim, a água se mostrou um amuleto de poder, sendo o prêmio disputado pela busca ou conservação da posição de maior destaque entre os plantadores da cannabis, o Distrito Irrigado Fulgêncio, o Sindicato de Santa Maria da Boa Vista/PE e, talvez no futuro, de um grupo de jovens que desponta na comunidade.
Palavras-chave:
Reassentamento; Relações de poder; Habitus; Campo; Capital.

 

Autor:
ANTONIA IRISMAR DE SOUZA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientadora:
ANA ISABEL AZEVEDO DE ANDRADE
Resumo:
A fruticultura irrigada e familiar dinamiza a economia do Vale do Submédio São Francisco, tornando-o polo exportador do país e gerando empregos diretos e indiretos, fomentando o desenvolvimento da região. Entretanto, o manejo empregado nas culturas de frutas usa agrotóxico para controle de doenças e pragas, o que causa preocupação com a saúde da população e do meio ambiente. Pensando nisso, o objetivo desta pesquisa é discutir a temática “agrotóxico” em uma escola de comunidade rural do Projeto Senador Nilo Coelho N-8 em Petrolina – PE, no intuito de extrair dos diferentes atores (professores e alunos) dados sobre o uso de agrotóxicos e os danos que eles podem causar à saúde da população, além de compreender se o tema é abordado em sala de aula. Para tanto, foram aplicados questionários para alunos e professores desta escola pública, cujo alunos e/ou familiares trabalham em atividades agrícolas, utilizando agrotóxico na produção. A partir da pesquisa realizada sobre o uso e manuseio de agroquímicos pela comunidade escolar, discutiram os impactos gerados pelas atividades agrícolas, com o intuito de transformar o conhecimento apreendido em material paradidático, que servirá como suporte para os professores trabalharem essa temática em sala de aula. De acordo com as respostas e posicionamentos dos participantes da pesquisa, pode-se inferir que existe uma percepção dentro da normalidade dos trabalhadores quanto ao uso do agrotóxico nas lavouras, porém pouco conhecimento quanto ao seu potencial efeito nocivo para a saúde, as práticas de manejo não são seguras, o que proporciona um aumento a exposição dos produtos, potencializando ainda mais os riscos e danos a saúde do trabalhador rural, sua família e ao meio ambiente, o que reforça a importância do objetivo final dessa pesquisa, que é produzir conhecimento a partir dos resultados obtidos, gerando subsídios para serem utilizados na escola de forma interdisciplinar, favorecendo a integração da educação ambiental, possibilitando aos professores e alunos, tornarem-se multiplicadores de informações sobre procedimentos seguros na manipulação de agrotóxicos na comunidade, com vistas a melhoria da saúde dos trabalhadores rurais e de suas famílias minimizando os riscos de intoxicações.
Palavras-chave:
Agrotóxicos; Educação; Saúde do trabalhador rural; Meio ambiente.
Autor:
ARIELA DIAS DE FREITAS OLIVEIRA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientadora:
MARIA JACIANE DE ALMEIDA CAMPELO
Resumo:
Durante a gestação o organismo feminino sofre diversas alterações físicas, psicológicas e emocionais. Quando as mulheres são agricultoras, acabam sendo expostas a agentes químicos, físicos e biológicos que lhe são nocivos, precisando de adaptação do local de trabalho às suas condições de saúde atual. Mas como proceder quando essas gestantes, que podem ser ao mesmo tempo patroas e funcionárias, não podendo mudar de função ou afastar-se do serviço que gera renda para sua família? Baseado nessa questão, o presente estudo visou conhecer a realidade de gestantes que trabalham no contexto da agricultura familiar atendidas na Unidade Básica de Saúde do distrito de Maniçoba na cidade de Juazeiro-BA, desvelando as adversidades do ofício durante o período gravídico, e assim, resguar a singularidade feminina, considerando sua história de vida e a relevância da sua profissão não somente do ponto de vista socioeconômico, mas também na construção da sua identidade. Trata-se de um trabalho com abordagem quali-quantitativa, de natureza exploratória, baseada na orientação teórico-metodológica da pesquisa participante, que lançou mão de métodos mistos (questinário e entrevista semiestruturada) para obtenção dos dados. A parte quantitativos foi interpretada através do programa Microsoft Office excel e os qualitativos por meio da técnica de análise de conteúdo de Bardin. Como resultado, pode-se traçar o perfil socioeconômico e obstétrico dessas mulheres: perfil jovem, multigestas, negras, católicas, de baixa escolaridade e que vivem em união consensual. São mulheres fortes e destemidas, que executavam todo e qualquer tipo de atividade no campo, mas com o avançar da gravidez tiveram que abandonar o ofício temporariamente, por agravos à saúde materno-fetal mas principalmente pela recusa dos patrões em emprega-las. Apresentam conformismo pela situação que vivem mas que vêem nos estudos a alternativa para alçar novos vôos. A partir dessa compreensão realizou-se, através de ação interdisciplinar, oficinas para gestantes atendida na UBS promovendo o esclarecimento de dúvidas através de atividades lúdicas, troca de experiências e estreitamento de laços entre trabalhadoras, extensionistas e profissionais de saúde em benefício de um melhor gestar no campo.
Palavras-chave:
Gestante; Enfermagem obstétrica; Educação; Zona rural; Unidade Básica de Saúde.

 

Autor:
CAIQUE BARBOSA DOS SANTOS
Tipo de Trabalho de Conclusão:
OUTROS
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientadora:
MONICA APARECIDA TOME PEREIRA
Resumo:
A presente dissertação buscou estudar, analisar e compreender a importância do conhecimento popular, sobre o uso de plantas medicinais na comunidade da Fazenda Fagundes, localizada no município de Curaçá-BA, assim como identificar os fatores que tem levado a escolha por essa prática tradicional. O estudo procurou também entender o contexto social da localidade, investigou a utilização de plantas medicinais no tratamento de doenças e ferimentos, além do uso de espécies vegetais para fins medicinais, a partir do olhar das pessoas da comunidade, que compuseram uma amostra de 46 comunitários da localidade, por meio de questionários e entrevistas. A aproximação da academia e dos conhecimentos tradicionais, presentes no Sertão nordestino é de extrema importância. Os resultados foram organizados em duas seções: a primeira classificação discutiu questões socioeconômicas, ligadas ao uso de plantas medicinais. Com isso, foi possível verificar que o conhecimento tradicional está diretamente relacionado as pessoas com idades mais elevadas, informação que reforça a necessidade de manutenção desses saberes pelos mais novos. Nos dados dispostos na segunda seção, foi observado que os comunitários fazem o uso de plantas medicinais no tratamento e prevenção de doenças, e que uma porcentagem elevada dos entrevistados atrela as propriedades terapêuticas das plantas medicinais a entidades divinas e geralmente são usadas no tratamento de problemas cardiovasculares, a exemplo da hipertensão arterial e hipotensão arterial, diarreia e febre. A pesquisa também permitiu realizar o levantamento de 37 espécies, usadas pelos entrevistados, pertencentes ao ecossistema Caatinga, foi possível identificar que as famílias vegetais Fabaceae e Euphorbiaceae possui o maior número de espécie vegetais com aspecto terapêutico. Os resultados atenderam, de forma satisfatória, os objetivos da pesquisa e refletiram sobre a importância de incentivar estudos sobre o resgate dos conhecimentos populares e da cultura tradicional.
Palavras-chave:
Etnobotânica; Conhecimento tradicional; Ruralidades; Saúde no campo; Fitoterapia.

 

Autor:
CLODOALDO PLACIDO DA FONSECA SILVA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
INSTITUIÇÕES SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Orientador:
JOÃO ALVES DO NASCIMENTO JUNIOR
Resumo:
A violência é um dos principais problemas de saúde pública do mundo, gerando a cada ano mais de um milhão de vítimas fatais; estando entre as principais causas de óbito na faixa etária de 15 a 44 anos. Esse estudo teve como objetivo identificar fatores de riscos para violência na comunidade de Maniçoba/Juazeiro-BA e desenvolver material informativo de prevenção, baseado nos costumes e a cultura local. Trata-se de um estudo do tipo descritivo, com abordagem quantitativa e qualitativa. Participaram membros da Associação de Moradores, Motoristas, Criadores e Agricultores Rurais de Maniçoba Velha (AMMCARMV). Os questionários devolvidos, foram digitados em planilha e analisados no programa Interface de R pourles Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (IRAMUTEQ) realizou-se análise monotemática e temática em três corpus textuais, bem como a análise das nuvens de palavras. Os participantes do estudo eram 54,5% do gênero feminino, de 40 a 49 anos, alfabetizados e renda familiar de 1 a 3 salários mínimos. O problema da violência é considerado por 54,5% como muito sério e vem aumentando nos últimos três anos; 81,8% foi ou teve alguém próximo vítima de violência; sendo o assalto e homicídio as mais citadas. O sentimento de insegurança foi expresso pela maioria dos participantes (90,9%), 45,5% relacionaram as causas da violência às drogas. As falas dos participantes revelam insegurança ao sair de casa e indicam a necessidade de policiamento na comunidade, combate as drogas, ações educativas e geração de empregos como formas de reduzir a violência na comunidade. Os homicídios ocorridos na comunidade no período de 2016-2018 foram em jovens, de 20-39 anos, do gênero masculino, por arma de fogo e em via pública. Nesse cenário, devesse aguçar o olhar para discussão centrada em um modelo integrado de segurança públicas e políticas sociais.
Palavras-chave:
Violência no campo; Vulnerabilidade social; Homicídio.

 

Autor:
DIAMILE PATRICIA LUCENA DA SILVA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
OUTROS
Linha de Pesquisa:
PROCESSOS DE INOVAÇÃO SÓCIO-TECNOLÓGICAS E AÇÃO EXTENSIONISTA
Orientador:
VANDERLEI SOUZA CARVALHO
Resumo:
A presente pesquisa se propôs a realizar uma investigação sobre a atividade agrícola no Projeto de Irrigação de Mandacaru no Município de Juazeiro-BA, tomando como base a ferramenta ISO14001- Sistema de Gestão Ambiental enfatizando seus conceitos, legislação e desenvolvimento dentro do processo de Gestão Ambiental Rural, com enfoque na mitigação dos problemas ambientais aliados a agricultura, buscou-se reunir conhecimentos capazes de subsidiar a construção do Plano de Gestão Ambiental uma vez que a agricultura irrigada é o setor mais importante da economia local e para a sustentação da posição competitiva da agricultura nacional e internacional. Entende-se que o modelo convencional agrícola tem se mostrado insustentável, principalmente pela ótica ambiental, requerendo uma nova postura de entendimento das relações homem-natureza. O desenvolvimento da pesquisa se deu em etapas: análise documental da gestão do Projeto de Agricultura Irrigada Mandacaru, entrevista semiestruturada com um representante legal da gestão do Distrito e aplicação do questionário junto com os agricultores, a fim de entender o processo da gestão agrícola, da qual se extraiu que o DIMAND preconiza por uma gestão precedida de aspectos ambientais, ainda que timidamente e houve a identificação do apoio técnico no processo produtivo com características de preocupação ambiental através das orientações agrícolas que dizem respeito à segurança do trabalhador rural e pela destinação correta das embalagens rígidas dos agrotóxicos, todavia percebem-se falhas no processo devido à ausência de diretrizes técnicas voltadas a questão ambiental. Obteve-se também um diagnóstico da percepção ambiental dos agricultores onde se constatou que são desprovidos de conhecimento legislativo a cerca da atividade agrícola e do meio ambiente. Desta maneira é fundamental disseminar a importância da conservação ambiental junto aos agricultores do Projeto de Agricultura Irrigada Mandacaru para garantir a permanência desses atores no cenário de pólo agrícola irrigável em que se encontram inseridos.
Palavras-chave:
Gestão; Agricultores; Juazeiro.

 

Autor:
DEIVID GOMES BARBOSA DA SILVA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MANUAL DE OPERAÇÃO TÉCNICA
Linha de Pesquisa:
INSTITUIÇÕES SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Orientador:
ELIAS MOURA REIS
Resumo:
O cooperativismo surge como reorganização social do trabalho, diante de um mercado de base capitalista com valorização do capital financeiro a partir da exploração humana, emerge através da Economia Solidária, formas mais justas e igualitárias de geração de renda e qualidade de vida. O modelo de gestão cooperativista nasce na perspectiva de remodelar as relações de trabalho, onde o cooperado é trabalhador e dono do negócio, exercendo a autogestão como princípio básico, com processos decisórios democráticos e de interesses coletivos comuns. Com isso, este trabalho traz um estudo com as cooperativas do segmento rural associadas à Central da Caatinga, Cooperativa Central estabelecida na cidade de Juazeiro – BA, compreendendo como objeto de estudo da amostra as cooperativas: COOPERCUC, COOPERPARAÍSO e COOFAMA, localizadas em Uauá, Curaçá e Canudos, Sobradinho e Distrito Massaroca/JuazeiroBahia, respectivamente. Dessa forma buscou-se compreender a gestão cooperativista com base na compatibilidade entre os objetivos sociais e econômicos. Os procedimentos metodológicos da pesquisa são classificados como qualitativa descritiva (quanto à finalidade); bibliográfica, documental e estudo de campo (quanto aos meios de investigação). Além de realizar uma revisão teórica sobre a história do cooperativismo e suas peculiaridades legais e de gestão, bem como sobre formação de capital social. Os resultados mostram fatores que fortalecem a gestão cooperativista, como também fragilidades que podem ocasionar em baixa competitividade no mercado, além de evidenciar a necessidade de modernizar o modelo de gestão e de colocar em prática as funções básicas da administração. Como produto final foi elaborado um manual que trata a gestão cooperativista na perspectiva da compatibilidade entre objetivos econômicos e sociais como requisito básico desse tipo de organização e suas implicações na competitividade das organizações cooperativistas.
Palavras-chave:
Cooperativas rurais; Gestão; Cooperativismo.

 

Autor:
DIEGO CASTRO FONSECA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA
Linha de Pesquisa:
INSTITUIÇÕES SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Orientador:
LUIZ MAURICIO CAVALCANTE SALVIANO
Resumo:
O Fundo de Pasto é uma denominação sociocultural comunitária com a qual se tem uma organização social e produtiva característica, cuja principal atividade econômica é a criação de caprinos e ovinos de forma extensiva, explorada por agricultores familiares em comunidades tradicionais, que encontram sua justificativa e viabilidade no máximo aproveitamento dos recursos naturais da região. Da mesma forma, esse tipo de criação fortalece os laços de interação nas comunidades e proporciona uma melhor forma de viver nesse território. O objetivo do trabalho foi analisar informações socioeconômicas da criação de caprinos e ovinos desenvolvidas nas áreas de Fundo de Pasto em comunidades da região de Uauá-BA. A partir da metodologia de estudo de caso, e uma abordagem quantitativa e qualitativa, utilizando indicadores de produção, tendo como base o que é desenvolvido na propriedade, bem como a interação dos sub-sistemas, consegue-se sistematizar em planilhas, e assim analisar o sistema de produção. Dessa forma foi possível compreender mais sobre a situação nessas áreas, bem como, propor alternativas que visem melhorar a produção animal gerando maior garantia de renda e ganhos sociais que possam contribuir para a melhor convivência dessas comunidades com o ambiente semiárido. Foi possível observar que grande parte da renda são oriundas da parte agrícola e animal, principalmente da produção animal (79%). Para além dos dados sobre renda dos subsistemas de produção, foi possível demonstrar resultados sobre o papel fundamental da mulher na agricultura familiar, onde muitas vezes sua participação é invisibilizada. O estudo mostra um pouco sobre a realidade do modo de vida dos Fundos de Pasto e leva os leitores a terem uma maior preocupação sobre a conservação desse modo de vida e produção, juntamente com os povos dessas comunidades tradicionais. Tendo como uma das conclusões que essa forma de criação tem contribuição significativamente econômica na renda das famílias.
Palavras-chave:
Fundo de Pasto; Criação de caprinos e ovinos; Viabilidade econômica.

 

Autor:
ELOIZA RIBEIRO LOPES GAMA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
OUTROS
Linha de Pesquisa:
INSTITUIÇÕES SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Orientador:
MARCELO HENRIQUE PEREIRA DOS SANTOS
Resumo:
Com o intuito de diminuir desigualdades sociais, diversas políticas públicas são criadas para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Neste contexto, a Educação a Distância é uma importante política viabilizada pelo Ministério da Educação (MEC) e tem possibilitado a formação de muitas pessoas, independente de questões geográficas ou financeiras. Sendo assim, a pesquisa tem como objetivo principal identificar as contribuições da Educação a Distância como política de expansão e democratização do ensino superior, a partir da visão de egressos dos cursos do Programa Nacional de Formação em Administração Pública (PNAP), ofertados pela Universidade Federal do Vale do São Francisco. Aliado a isso, foram analisadas, a partir da visão dos Coordenadores de Polos de Apoio Presencial e Tutores presenciais, as contribuições da expansão de cursos EaD para o desenvolvimento regional e local. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, com Coordenadores de Polo e Tutores, e uso de questionário online, instrumento principal, enviado aos egressos de turmas compreendidas entre o período de 2013 e 2017. Para a análise, foram utilizadas abordagens qualitativa e quantitativa. A análise dos resultados sugere, a partir dos atores pesquisados, a efetiva contribuição da Educação a Distância tanto na formação dos egressos quanto para o desenvolvimento local e regional.
Palavras-chave:
Desenvolvimento; Educação a Distância; PNAP; Egressos.

 

Autor:
EMANOEL FREITAS AMARANTE
Tipo de Trabalho de Conclusão:
OUTROS
Linha de Pesquisa:
PROCESSOS DE INOVAÇÃO SÓCIO-TECNOLÓGICAS E AÇÃO EXTENSIONISTA
Orientador:
LUIZ MAURICIO CAVALCANTE SALVIANO
Resumo:
Um sistema agrícola familiar como o modelo fundo de pasto, facilita o acesso dos animais à água e comida, sobretudo, nos períodos de severa estiagem. Implantação das atividades apícolas na região Nordeste do Brasil é a busca da conservação do ecossistema, pelos pequenos apicultores. A produção apícola já é uma das principais atividades da agricultura familiar, que vem crescendo cada vez mais por ser uma alternativa de renda, uma produção sustentável. A presente pesquisa teve como objetivo estudar a sustentabilidade da apicultura em comunidades tradicionais de fundo de pasto no Município Casa Nova-BA, principalmente buscar entender como os apicultores trabalham e quais suas estratégias para épocas de estiagem. Os procedimentos metodológicos basearam-se no levantamento de dados através das metodologias participativas, utilizando a metodologia de diagnóstico Fraquezas, as Oportunidades, as Fortalezas e as Ameaças (FOFA); Modelização de Agroecossistema; Visita Técnica e entrevistas, buscando extrair as diferentes formas do trabalho com as abelhas em fundo de pastos, principalmente nas estratégias de alimentação e fornecimento de água. Com base nas informações obtidas foi possível observar aspectos como a importância do FOFA , o baixo nível de escolaridade dos apicultores, a pouca participação dos jovens e mulheres. Os resultados da pesquisa mostraram que, a apicultura é uma fonte importante de renda para as famílias, no entanto ainda é necessária uma grande conscientização dos apicultores quando se pensa em estratégias para convivência com a estiagem, pois a estiagem prolongada vem influenciando cada vez mais nas perdas de enxames e consequentemente a diminuição da produção. Com os resultados analisados e conclusões, como produto do programa de pós graduação e para tender as necessidades dos/as apicultores/as que participaram da pesquisa, foi elaborado um guia para auxiliarem no trabalho em campo e na convivência com a estiagem.
Palavras-chave:
Fundo de pasto; semiárido; apicultores.

 

Autor:
FRANKLIN VIEIRA COSTA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MANUAL DE OPERAÇÃO TÉCNICA
Linha de Pesquisa:
INSTITUIÇÕES SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Orientador:
MARCO AURÉLIO RODRIGUES
Resumo:
A participação social é um processo de conquista de liberdade e de poder, que é construído lentamente e interiorizado na sociedade, que provoca e impulsiona a discussão nas políticas públicas, além do controle sobre investimentos públicos, o fortalecimento e o envolvimento de cidadãos no processo de desenvolvimento local, essa importante dinâmica vêm ao longo dos tempos, principalmente no final do século passado e início do atual, se consolidando em diversos espaços como colegiados territoriais, fóruns, conselhos e conferencias por todo país. O trabalho tem como objetivo o estudo de caso no Colegiado Territorial Sertão do São Francisco Pernambucano, doravante (COSERFRAN-PE), situado no semiárido de Pernambuco, cuja metodologia pressupõe o percurso para acesso ao colegiado, observação participante, entrevistas semiestruturadas e análise documental. O estudo tem uma importância significativa, pois com a criação e estruturação dos colegiados territoriais, nos quais são considerados espaços políticos bastante importantes no processo de decisão participativa das organizações sociais vinculadas ao desenvolvimento rural sustentável do Brasil. Pode-se realizar nesse espaço planejamento, discussão, controle social e deliberação de ações do território no qual está relacionada com a infraestrutura, saúde, educação, cultura e agricultura familiar, contribuindo com o desenvolvimento sustentável da região. A pesquisa pretende inferir sobre a participação social como estratégias para avanços significativos no desenvolvimento territorial. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com foco de análise as organizações que fazem parte do Colegiado Territorial, distribuídas em grupos distintos, e com ampla participação em todo o processo de pesquisa. Após análise efetuada concluiu-se que a política territorial implantada provocou melhorias na qualidade de vida das pessoas, estimulou a participação social na definição dos processos e na execução das políticas públicas. São expostos os desafios e potenciais desta política com base na análise de resultados obtidos em pesquisa de campo no Território da Cidadania Sertão do São Francisco Pernambucano. A partir da observação e participação em plenárias e eventos do colegiado, das atas de reuniões, da leitura de relatórios e da realização das entrevistas com os atores sociais que fazem parte da dinâmica territorial, foi possível perceber a articulação dos atores sociais, das instituições e os avanços e conflitos que a política nacional de desenvolvimento rural territorial é capaz de proporcionar.
Palavras-chave:
Desenvolvimento Local; Participação Social; Controle Social.

 

Autor:
FERNANDO AUGUSTO KURSANCEW
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
INSTITUIÇÕES SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Orientador:
MARCELO HENRIQUE PEREIRA DOS SANTOS
Resumo:
O objetivo com esta pesquisa, através de uma perspectiva multidisciplinar, é avaliar as políticas públicas de desenvolvimento e expansão municipal e propor novas diretrizes de políticas públicas no âmbito do Plano Diretor, incentivando a permanência dos habitantes do distrito de Itamotinga. Através de um apanhado do referencial teórico, o trabalho mostra a dicotomia entre o rural e o urbano, a composição de Planos Diretores, a história e importância de Juazeiro (BA) no contexto do desenvolvimento regional. Apresenta a área objeto do estudo, avaliando os anseios e as necessidades de sua população através das atas de reuniões para a revisão do Plano Diretor do município. Em paralelo realiza um levantamento dos instrumentos inseridos nos Planos Diretores de Santa Maria (RS) e Chapecó (SC) para o desenvolvimento do meio rural discutindo o papel do Estado no desenvolvimento e apresentando os novos atores do meio rural. Demonstra a visão dos gestores e técnicos envolvidos no planejamento municipal através de entrevistas semiestruturadas. E, finalmente propõe instrumentos que quando inseridos no Plano Diretor Municipal podem auxiliar na construção de um ambiente favorável a permanência e a resiliência econômica da localidade, potencializando a sustentabilidade no desenvolvimento regional.
Palavras-chave:
Planejamento regional; Direito de acesso à cidade; Políticas públicas rurais; Resiliência socioeconômica; Desenvolvimento sustentável.
MANUAL DE OPERAÇÃO TÉCNICA
Autor:
GEORGE ANTONIO MACIEL MUDO
Tipo de Trabalho de Conclusão:
DISSERTAÇÃO
Linha de Pesquisa:
PROCESSOS DE INOVAÇÃO SÓCIO-TECNOLÓGICAS E AÇÃO EXTENSIONISTA
Orientadora:
SANDRA MARI YAMAMOTO
Resumo:
A visão econômica tradicional destaca o papel das condições naturais, da capacitação humana, dos investimentos públicos e privados para o processo de crescimento e desenvolvimento econômico. O uso correto de recursos naturais em propriedades localizadas nas áreas de sequeiro do semiárido nordestino podem trazer ganhos significativos a sua população, se forem orientadas para isso. Adindo-se a organização dos produtores, buscou-se avaliar o grau do capital social nas comunidades rurais do Município de Lagoa Grande e sua relação com o perfil dos produtores rurais. Para isso, buscou-se identificar e mensurar tipos, formas, elementos e dimensões do capital social e identificar os sistemas produtivos empregados pelos produtores e a sua coerência ou dissonância em relação as recomendações técnicas. A metodologia utilizada envolveu análise de dados secundários, entrevistas, questionários semiestruturados e a aplicação de escala de medição da evolução do capital social. Como resultados verifica-se que uma das mais importantes fontes econômicas do município é a exploração de caprinos e ovinos, e, que a falta de organização estrutural das comunidades tem relação direta com o grau de capital social existente no município.
Palavras-chave:
Caprino; Desenvolvimento regional; Microrregião do São Francisco.
Autor:
GILMAR APARECIDO VIANA DO NASCIMENTO
Tipo de Trabalho de Conclusão:
SOFTWARE
Linha de Pesquisa:
PROCESSOS DE INOVAÇÃO SÓCIO-TECNOLÓGICAS E AÇÃO EXTENSIONISTA
Orientadora:
EVA MONICA SARMENTO DA SILVA
Resumo:
O presente trabalho tem como objetivo realizar um diagnóstico físico (georreferenciamento) e sócio ambiental das principais lagoas marginais perenes do município de Pilão Arcado, BA com foco na lagoa Salinas localizada na comunidade Saldanha Marinho. Ao analisar os dados socioeconômicos a pesquisa considerou 30 pescadores moradores dos povoados de Saldanha Marinho e Passagem que tem uma frequência de ida ao rio para pescar de até cinco dias por semana, ou seja, que praticam a pesca artesanal como meio comercial. Observou-se a tendência de que esses pescadores têm em média 35,5 anos de idade, e não mais que a quarta série do ensino fundamental. São na sua maioria homens, casados, na faixa entre 25 e 46 anos, sendo que quase a metade tem de 3 a 4 dependentes na família. Ao analisar a renda desses pescadores 43,3% relataram que quando a pesca está boa conseguem obter com a atividade uma renda mensal de R$ 500,00 a R$ 1.000,00. A pesquisa analisou também a renda média anual dos pescadores com os programas sociais Bolsa Família e Seguro Defeso e concluiu que 75% dos entrevistados recebem de R$ 601,00 a R$ 900,00. Quanto à permanência dos filhos na profissão, apresentaram argumentos relacionados com as dificuldades da profissão e a falta de perspectiva de futuro, tanto no sentido econômico como ecológico. O estudo demonstrou que essas lagoas estão sendo negligenciadas, gerando inúmeros impactos ambientais. O estudo conseguiu através do georreferenciamento levantar 19 (dezenove) lagoas marginais do município de Pilão Arcado, destas 11 (vinte e quatro) são sazonais, ficam secas boa parte do ano e 8 (oito) são perenes, ou seja, ficam cheias durante todo o ano. O estudo revelou que quanto mais elas forem preservadas, maior será a produção pesqueira. Por outro lado, quanto mais degradadas as lagoas estiverem, menos peixes elas produziram, com reflexos negativos na produção pesqueira do rio e das comunidades ribeirinhas.
Palavras-chave:
Bacias Hidrográficas; Lagoas Salinas; Pilão Arcado Bahia; Pesca Artesanal.
Autor:
JAINI PEREIRA XAVIER SOUZA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
DENES DANTAS VIEIRA
Resumo:
Esta pesquisa estuda a educação contextualizada nas escolas do campo do município de Senhor do Bonfim-BA. Foi realizada em três escolas, tomando como base a prática docente e a construção do Projeto Politico Pedagógico-PPP diante das peculiaridades das comunidades rurais onde se encontram. Os PPP’s foram analisados buscando investigar como é construída a educação do campo, fundamentando as discussões em autores, sob o suporte também de documentos de orientação como Diretrizes, Resoluções, Parâmetros, Leis, que trazem orientações de como deve ser o PPP da escola do campo. O presente trabalho apresenta também discussões sobre quatro outros pontos: as classes multisseriadas (que acontecem em sua maioria nas escolas do campo), formação do professor, acompanhamento pedagógico, e identidade e cultura do campo. Optou-se pela pesquisa de cunho qualitativo, para uma melhor analise dos dados coletados, verificando através de documento, observações e entrevistas como é a Educação do Campo é planejada, como ela é na prática e como é recebida pelo publico alvo, compreendendo o atual cenário das escolas do campo do município de Senhor do Bonfim-BA. A análise dos dados apresentou que as escolas pesquisadas não trabalham como sendo realmente escolas do campo, além de existirem muitos equívocos que envolvem o PPP, mostrando-se um documento inutilizável. Com os resultados da referida pesquisa foi construído um produto final trazendo benefícios não só para a academia, como também para o público pesquisado (uma devolutiva), o produto será um Guia de orientações para a construção de um PPP da escola do Campo, apresentando a Educação do Campo e a contextualização educacional, e o que deve ter no PPP.
Palavras-chave:
Educação do Campo; Educação contextualizada; Classes multiseriadas; Senhor do Bonfim-Bahia.
Autor:
JALANE MOURA MAIA BEZERRA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
OUTROS
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
ALEXANDRE HENRIQUE DOS REIS
Resumo:
O Previdas é um projeto de prevenção de suicídio que avaliou fatores e comportamentos de risco para o suicídio em 50 adolescentes rurais do Colégio Estadual Reis Magalhães do município de Glória-Ba e capacitou todos os funcionários da escola para melhorar a qualidade de atendimento de suas demandas em relação a esse público. Esse projeto foi tomado como objeto de pesquisa, a qual possui um caráter participante em Educação baseada na abordagem qualitativa da pesquisa social. Esse estudo possui um viés interdisciplinar, abarcando campos teóricos da Saúde (em Prevenção de Suicídio); da Psicologia Escolar e da Extensão Rural. A metodologia envolveu as seguintes etapas: 1ª- reunião convocatória com os pais dos alunos; 2ª- aplicação de um questionário com 50 adolescentes rurais do primeiro ano do ensino médio; 3ª- Oficinas e rodas de conversa com a psicóloga pesquisadora; 4ªCapacitação com os funcionários da escola; 5 ª confecção do site “Por que viver?”. O método de análise utilizado foi à análise de conteúdo temática que encontrou como principais resultados: visão positiva e negativa da adolescência; fase de mudanças, de responsabilidade e preparação para o futuro; problemas emocionais relacionados à baixa autoestima, sentimentos de solidão, tristeza e menos valia; problemas familiares (falta de apoio, cobranças e julgamentos); não procurar apoio e não buscar ajuda quando estão passando por algum problema de ordem pessoal e emocional. Através das atividades de escuta e análise, as rodas de conversa e oficina apresentaram fortalecimento emocional dos sujeitos que expressaram mudanças em seu modo de agir e pensar. A capacitação com os funcionários possibilitou ampliar as visões de mundo em relação à temática da prevenção de suicídio.
Palavras-chave:
Prevenção de Suicídio; Adolescência Rural; Psicologia Escolar.
Autor:
JOILMA SANDRI JESUS DE SOUZA LOPES
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
NILTON DE ALMEIDA ARAUJO
Resumo:
Esta pesquisa visa analisar o desenvolvimento da organização de mulheres em grupos de beneficiamento de Casa Nova e Sento Sé na Rede Mulher do Território Sertão do São Francisco. Farei uma reflexão sobre o processo de empoderamento, autonomia e organização social, política e econômica destas mulheres. Dessa forma, o objetivo principal desse trabalho é compreender como se desenvolve a organização política, social e econômica da Rede Mulher no Território Sertão do São Francisco em Casa Nova e Sento Sé. O caminho metodológico é a abordagem qualitativa, buscando uma visão geral da realidade estudada, com destaque para análise documental, questionário fechado e entrevista semiestruturada. A finalidade deste estudo é compreender o processo do trabalho em Rede com o apoio de políticas públicas como a Ater – Assistência Técnica e Extensão Rural – no contexto de viabilização da autonomia financeira das mulheres a partir do plano econômico. Sendo assim, será apresentado o impacto da Rede na vida social, política e econômica das mulheres que a compõem, também considerando o contexto das relações de gênero existentes nas comunidades e seu impacto na vida dessas mulheres, protagonistas no seu espaço, antes silenciadas por determinadas relações sociais.
Palavras-chave:
Relações de Gênero; Rede Mulher; Organização Política; Sertão do São Francisco.
Autor:
JULIANA MARIA MAGALHAES LOPES CERQUEIRA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
OUTROS
Linha de Pesquisa:
PROCESSOS DE INOVAÇÃO SÓCIO-TECNOLÓGICAS E AÇÃO EXTENSIONISTA
Orientador:
DENES DANTAS VIEIRA
Resumo:
Esta dissertação analisa as estratégias de comunicação relacionadas às mídias digitais no campo da extensão rural. Para isto, tem como objeto de estudo a comunicação do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), instituições que desenvolvem extensão rural no Território de Identidade do Sertão do São Francisco – Bahia. A pesquisa tem como base teórico-metodológica os conceitos de campo, capital e habitus do sociólogo Pierre Bourdieu. Como instrumentos metodológicos para a coleta de dados, foram utilizados a entrevista individual em profundidade semiaberta, a análise documental e a análise da rede social online. O estudo aponta que a comunicação na extensão rural se constitui enquanto instrumento valioso nas lutas simbólicas do campo e que as mídias digitais despontam enquanto uma realidade nova, repleta de desafios, para os profissionais de comunicação. Em relação às estratégias, a produção de conteúdo para as redes sociais online emerge como prioridade, tendo como foco a linguagem visual.
Palavras-chave:
Comunicação; Extensão Rural; Mídias digitais; Pierre Bourdieu.
Autor:
JÚLIO CÉZAR DE ALMEIDA LOPES
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MANUAL DE OPERAÇÃO TÉCNICA
Linha de Pesquisa:
PROCESSOS DE INOVAÇÃO SÓCIO-TECNOLÓGICAS E AÇÃO EXTENSIONISTA
Orientador:
MARCELO HENRIQUE PEREIRA DOS SANTOS
Resumo:
A nova proposta de Extensão Rural tem como dever contribuir para a promoção do desenvolvimento rural sustentável e fortalecer as ações da agricultura familiar, estando sustentada nos princípios da Convivência com o Semiárido e Agroecologia, tendo como horizonte os processos participativos que incluem as famílias rurais, respeitando seus saberes e experiências. Diante desse novo movimento que está aflorando na Extensão Rural brasileira este trabalho tem como intuito realizar uma análise da implementação da proposta de ATER do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável na Região Semiárida da Bahia – Pró-Semiárido na comunidade rural Sítio do Meio, município Campo Formoso-BA, a partir da sua proposta inicial, de proporcionar o desenvolvimento rural sustentável, fundamentada na Agroecologia e Convivência com o Semiárido, considerando fatores socioeconômicos e ambientais locais. A pesquisa apresenta caráter qualitativo, fazendo uso de um estudo de caso, sendo o trabalho de campo baseado na técnica da observação participante, foram realizadas entrevistas com 15 agricultores/as e 03 técnicos/as da entidade responsável pela ATC. Com o estudo foi possível observar que a metodologia utilizada na construção do projeto Pró-Semiárido causou a apropriação por parte das famílias em relação ao acompanhamento dos recursos disponibilizados e também no processo de execução do projeto em campo. A partir do modelo de assessoramento técnico e desenvolvimento proposto pelo PróSemiárido, valorizando o saber local, dando liberdade aos/as agricultores/as a executar o projeto, fortalecendo o capital social, promovendo ações territoriais integradas e proporcionando a difusão da aprendizagem social, tem possibilitado os primeiros passos para o desenvolvimento dessas comunidades rurais que compõe o território rural. Executando ações que não seguem a lógica capital-economicista contemporâneo, tendo como foco a construção de estratégias para a promoção do desenvolvimento social, político e cultural para, posteriormente, chegar ao desenvolvimento econômico.
Palavras-chave:
Extensão Rural; Agroecologia; Agricultura Familiar; Política Pública; Assessoria Técnica.
Autor:
LAIANNE ALCÂNTARA MATOS
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
DELCIDES MARQUES
Resumo:
Identificar a representação social que se faz da água tem-se mostrado caminho adequado à compreensão da convivência de pessoas e comunidades com o semiárido. Nessa compreensão essa pesquisa tem como objetivo perceber como se processam as representações sociais da água e como estas têm dialogado com as práticas pedagógicas, possibilitando a formação de sujeitos para a convivência com o semiárido. O contexto empírico desta pesquisa é a Escola Família Agrícola de Antônio Gonçalves, localizada na Fazenda Nova Esperança, Povoado de Caldeirão do Mulato no município de Antônio Gonçalves/BA. Tem caráter exploratório e cunho qualitativo, e se configura através de um estudo em que foi utilizado a Técnica de Associação Livre de Palavras – TALP como instrumento capaz de evidenciar a representação social que os alunos fazem da água, o grupo focal para coleta de informações sobre a Escola e sua prática pedagógica e as Entrevistas Narrativas Individuais junto a comunidade. Os sujeitos desta pesquisa são 20 (vinte) representantes das comunidades em que os alunos estão inseridos, 6 (seis) professores, 4 (quatro) gestores e 50(cinquenta) alunos. Evidencia-se como resultados da pesquisa, a compreensão de que a representação social no âmbito educacional, estabelece um novo “olhar” sobre os processos pedagógicos e mais precisamente sobre os indivíduos inseridos no semiárido. Nesta vertente, a Representação Social da água vem contribuir com a Educação em áreas rurais através de um processo interativo, participativo e crítico, para o surgimento de uma nova ética socioambiental, vinculada e condicionada à mudança de valores, atitudes e práticas individuais e coletivas. Esta pesquisa possui como produto final uma cartilha intitulada: A vida numa gota d’água: do imaginário individual ao saber coletivo. Este material propõe uma reflexão sobre as Representações Sociais da água, como uma possibilidade de ampliar a perspectiva relacional com a educação para a convivência com o semiárido, favorecendo o desenvolvimento de propostas pedagógicas para esta região.
Palavras-chave:
Representações Sociais; Água; Semiárido; Escola Família Agrícola.
Autor:
LEANDRO SILVA SANTOS
Tipo de Trabalho de Conclusão:
PRODUTO, PROCESSO OU TÉCNICA
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
DELCIDES MARQUES
Resumo:
Trata- se de um estudo que possui como temática a representação, mediação e uso da informação, e tem como objetivo, disponibilizar em website as edições do Jornal “O Pharol” encontradas no Museu do Sertão do São Francisco, bem como realizar pesquisa documental e bibliográfica referente ao período de 1915 a 1940 principalmente pela maior quantidade de edições desse período e a importância para a Extensão Rural: Educação, Desenvolvimento Regional e Social. Para esta pesquisa também foi feita análise de conteúdo e discussão teórica. Nesse levantamento foram relacionados os temas tais como: Ciência da Informação, Informação, Museus, Memória, História e Extensão Rural. No presente estudo demonstraremos como o jornal “O Pharol” tratou a Extensão Rural: Educação, Desenvolvimento Regional e Social na região no período supracitado. A análise histórica e as edições estão disponíveis no WEB Site “O Farol” que entendemos ser um veículo que fomentará, novas pesquisas sobre diversos assuntos que demonstram a formação da sociedade do Vale do São Francisco e identidade do povo sertanejo contribuindo dessa maneira para a construção da consciência histórica e da História Regional.
Palavras-chave:
Mediação; Sociedade da Informação; Representação da Informação; Extensão Rural; Jornal O Pharol.
Autor:
MARIA ADENIZA VITURINO
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
INSTITUIÇÕES SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Orientadora:
MARIA JACIANE DE ALMEIDA CAMPELO
Resumo:
Os conflitos agrários fazem parte da história desse país por conta das desigualdades na distribuição fundiária. Atualmente, a luta pela terra ainda permanece por aqueles que não a possui. Essas lutas, além do acesso à terra, proporcionaram outras importantes políticas de incentivo e fortalecimento da agricultura familiar, como por exemplo o crédito rural. O presente trabalho teve como objetivo conhecer os aspectos positivos e negativos causado pelo financiamento das linhas de créditos, tanto no âmbito social como no econômico, sua contribuição na qualidade de vida e geração de renda para os agricultores familiares de um assentamento de reforma agrária situado na região semiárida de Petrolina, Pernambuco. A metodologia utilizada nesse estudo foi através de uma abordagem de cunho qualitativo e quantitativo e utilizando-se como base a pesquisa bibliográfica e de campo. Assim, fez-se uso de instrumento de anotação como o diário de campo para registro de observações do pesquisador, aplicação de questionários com perguntas abertas para o grupo estudado e também rodas de conversas nos encontros. Pode-se ressaltar que os dados demonstram que 60% do público alvo são do gênero masculino 53%, na faixa etária a partir de 51 anos, 13% são considerados não alfabetizados. Pelo exposto, os dados podem se inferir que há dificuldade de manutenção da família no assentamento e no cumprimento de pagamento do crédito familiar no prazo estabelecido pelo banco financiador. Mas que o crédito rural é uma oportunidade de estabelecimento no espaço territorial, necessitando de uma assistência técnica na oportunização do financiamento de culturas da região.
Palavras-chave:
Luta pela terra; Assentamento; Reforma Agrária; Crédito Rural.
Autor:
PALOMA SUELEN FERNANDES DE FRANÇA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
PRODUÇÃO ARTÍSTICA
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
GABRIEL PUGLIESE CARDOSO
Resumo:
Essa dissertação é resultado de uma pesquisa etnográfica realizada na comunidade de Cariacá, localizada no município de Senhor do Bonfim/BA e certificada como remanescente de quilombo pela Fundação Cultural Palmares em 2005. Sua realização se deu como forma de responder a algumas inquietações surgidas no meu trabalho enquanto assistente social com estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco e que se autodeclaravam quilombolas. Nesse sentido, tendo em vista que minha atuação com sujeitos oriundos de Comunidades Remanescentes de Quilombo nunca havia se dado no espaço próprio de vida dessas pessoas, o objetivo principal deste trabalho é, através da experiência vivenciada por Cariacá, conhecer de perto o que é uma Comunidade Remanescente de Quilombo investigando o seu passado, mas, sobretudo, evidenciando em seu presente, o processo para a obtenção da certificação, as principais mudanças e os dilemas identitários decorrentes do seu reconhecimento como comunidade quilombola. Considerando que me propus a analisar essa realidade com base em conceitos ainda pouco aprofundados na literatura do Serviço Social, boa parte do referencial teórico utilizado nessa pesquisa é do campo da antropologia uma vez que seus estudos sobre grupos étnicos e etnicidade me parecem indispensáveis para nos ajudar a pensar esses agrupamentos para além da “raça”, da cor da pele e da descendência, muito embora esse modo de percebê-las não represente um consenso no meio acadêmico e na militância.
Palavras-chave:
Comunidades Remanescentes de Quilombo; Identidade; Reconhecimento; Grupos étnicos; Etnicidade; Fronteiras.
Autor:
RENATA CRISTINA DE SA BARRETO FREITAS
Tipo de Trabalho de Conclusão:
OUTROS
Linha de Pesquisa:
PROCESSOS DE INOVAÇÃO SÓCIO-TECNOLÓGICAS E AÇÃO EXTENSIONISTA
Orientador:
HELDER RIBEIRO FREITAS
Resumo:
Compreender as relações, os limites e as possibilidades de atuação da Extensão Universitária na Assessoria e Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) junto a agricultores familiares e organizações sociais nos territórios de atuação da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) com o intuito de, por meio da comunicação institucional, consolidar e fortalecer os laços entre a Universidade e as comunidades rurais. Esta é a força motriz deste trabalho, que tem como universo os projetos executados pelo Programa Institucional de Bolsas de Extensão (PIBEX), mantido pela UNIVASF, em editais anuais nas chamadas de 2016, 2017 e 2018. A partir do mapeamento das ações extensionistas nestes três anos do PIBEX foi possível identificar os projetos que voltaram suas ações para a população do meio rural. Deste universo, que se mostrou reduzido se comparado às iniciativas para as áreas urbanas, extraíram-se os projetos para a agricultura familiar, foco principal da pesquisa. Entrevistas semi-estruturadas realizadas com docentes, estudantes, agricultores e parceiros permitiram entender como ocorre a interação da Universidade com as comunidades rurais na região, o impacto da atuação extensionista para a formação dos estudantes e as contribuições para a atividade docente. Os resultados também possibilitaram identificar algumas das demandas e anseios das comunidades rurais em relação à Universidade. Estas constatações serviram de base para a elaboração de um Plano de Comunicação, com estratégias de comunicação institucional direcionadas à Extensão Universitária, cujo objetivo é contribuir para uma aproximação maior entre a Universidade e as comunidades rurais.
Palavras-chave:
Extensão Universitária; Comunicação Institucional; Extensão Rural; Agricultura Familiar.
Autor:
RITA REGINA MARQUES COSTA
Tipo de Trabalho de Conclusão:
DISSERTAÇÃO
Linha de Pesquisa:
INSTITUIÇÕES SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Orientador:
DENES DANTAS VIEIRA
Resumo:
No Brasil, a contabilidade rural como instrumento de gestão dos empreendimentos rurais é caracterizada pela falta de precisão nos controles e na apuração de resultados, com limitações em relação à qualidade das informações contábeis, comprometendo a tomada de decisões que resulta da ação humana que atua e modifica o fenômeno patrimonial de natureza econômico-financeira. Com base nesses pressupostos, a perspectiva de análise adotada para a realização desta pesquisa teve como referência a teoria da prática social, implementada pelo francês Bourdieu (1998), buscando compreender de que forma os agentes são estruturados, ao mesmo tempo em que estruturam a vida social no seu campo de relações e como acumulam e utilizam variadas formas de capital se posicionando em relação aos demais agentes da comunidade. Nesse sentido, o presente trabalho teve como objetivo analisar a existência de instrumentos contábeis de gestão nas unidades produtivas pelos agricultores familiares assentados para a obtenção de resultados econômicos e financeiros. A proposta de investigação foi um estudo de caso com enfoque qualiquantitativo, com o auxílio de entrevista narrativa, a partir de questionários semiestruturados para obtenção de dados e análise documental dos registros financeiros. Os resultados, obtidos a partir das narrativas da trajetória social desses agentes, possibilitaram compreender como as experiências vividas interferem na tomada de decisões, na produção e apuração de resultados financeiros e econômicos. Além disso, observou-se que o baixo índice de escolaridade impede a utilização de registro e métodos mais sofisticados de controle. Entretanto, ao adotar as categorias conceituais de habitus, campo e capital, presentes na obra de Bourdieu (1998), foi possível constatar que as trajetórias sociais possibilitaram aos agentes acumular de forma desigual diferentes tipos de capital social, econômico, cultural ou simbólico. Identificou-se ainda um sentimento de reconhecimento e pertencimento ao meio rural e ao assentamento, de modo que alguns conquistaram poder e a associação adquiriu visibilidade, tornando-se referência em agroecologia e grande mobilizadora na assistência a outros assentados da reforma agrária.
Palavras-chave:
Contabilidade Rural; Organização Associativa; Capital Social; Agricultura familiar.
Autor:
SILVANA MARIA MACIEL MUDO
Tipo de Trabalho de Conclusão:
MATERIAL DIDÁTICO E INSTRUCIONAL
Linha de Pesquisa:
IDENTIDADE, CULTURA E PROCESSOS SOCIAIS
Orientador:
ALEXANDRE HENRIQUE DOS REIS
Resumo:
A doença de Chagas é uma das 17 doenças tropicais mais negligenciadas no mundo. Trata-se de uma Antropozoonose transmitida por vetores conhecidos como triatomíneos. No meio rural encontram-se indicadores ambientais propícios ao aparecimento do vetor como a proximidade de matas, o acúmulo de entulho e criação de animais. Este trabalho busca analisar a compreensão sobre a Doença de Chagas sob a ótica dos residentes de assentamentos rurais com alto índice de infestação para o barbeiro no município de Petrolina -PE. Trata-se de um estudo descritivo de abordagem quali-quantitativa no qual utilizou-se da análise da Bardin para apreciação dos dados que surgiu da inquietação da pesquisadora frente aos casos ainda elevados da doença em uma área com 90%de cobertura estratégia de saúde da família Ademais, foi utilizado um roteiro de observação para se obter uma análise mais detalhada do ambiente. O instrumento para a coleta de dados foi a entrevista semiestruturada do qual participaram trinta e cinco pessoas, dezenove residiam no Assentamento Esperança e dezesseis no Assentamento Santa Maria. O índice de infestação para as localidades é de 17,5%, valor considerado elevado quando comparado ao valor dos municípios prioritários, que gira em torno dos 10%. Os dados sociodemográficos revelaram que quanto ao grau de escolaridade há predominância do ensino fundamental, quanto ao número de moradores, a maioria dos domicílios era composto dessa pesquisa foi realizada e três pessoas. Esses dados obtidos ocorreram-no período de fevereiro até maio de 1019. No que tange ao tipo de ocupação, o trabalho rural predominou. Nas categorias geradas através das entrevistas, os participantes referiram conhecer o barbeiro e descreveram um inseto de coloração escura e com manchas também conhecido como bicudo. Em sua maioria, os participantes relataram já ter visto o barbeiro e que os alojamentos de animais é um lugar comum para encontrá-lo. Dentro do grupo pesquisado a maior parte ou foi picada ou tem alguém na família que já foi. O ciclo de vida do inseto não é muito conhecido, embora, o tipo de alimentação, hematófaga, foi relatado pelos moradores. A forma de transmissão mais citada foi a vetorial, mas obteve-se diálogos com a transmissão por contato. Houve equivalência entre o período chuvoso e quente para o aparecimento do vetor. Além disso, a maior parte relaciona a doença com o acometimento cardíaco e sem existência de tratamento eficaz. Alguns entrevistados relataram que não adotam medidas de proteção, como encaminhar o inseto a um centro de referência, devido à distância e falta de visitas. Espera-se que com a identificação das carências no que concerne aos conhecimentos das comunidades o surgimento de novas ações de vigilância que estimulem a participação da população e que proporcionem a extensão em saúde.
Palavras-chave:
Doença de Chagas; Transmissão; Triatoma; Conhecimento; Vigilância em Saúde Pública.